O gerente de produtos ágil

Tudo o que você precisa saber sobre ser um gerente de produtos ágil (mas tinha medo de perguntar).

Sherif Mansour Sherif Mansour

Produtos e recursos em um ambiente ágil devem ser fluidos. Não como louça suja com minúsculos pedaços rodopiando... (porque é nojento). Mais como uma lâmpada lava: regular e evoluindo constantemente. Mas o que diferencia a evolução do software das lâmpadas é a estratégia. E é aí que entram os gerentes de produtos.

Uma das melhores coisas que faça sendo gerente de produtos do Confluence, o software de wiki da Atlassian, é falar bastante com os clientes. Ouço o que funciona para eles e os desafios que as equipes enfrentam em sua jornada de criação de ótimos produtos.

Ok: quase qualquer meio. Definitivamente não recomendo fazer algo ilegal. Ou esquisito. De qualquer modo...

Como é a definição de problemas do cliente em um mundo ágil? O manifesto ágil nos lembra que nem sempre temos de fazer tudo da maneira "tradicional". Como gerentes de produto, devíamos fazer tudo o que é necessário para contar a história do cliente. Teste coisas diferentes: experimente, explore e, em seguida, faça o que funciona melhor para você e sua equipe no contexto no qual está trabalhando. O que quero dizer com isto?

  • Se significa que você deve ter várias discussões e esboçar algo em um pedaço de papel – então faça isso.

  • E se você conseguisse reunir todos (incluindo o cliente) em uma sala para fazer um exercício de mapeamento da história do usuário? Se isso comunicar bem os problemas, então você não precisará ir muito mais longe.

  • Ou, e se você precisar visitar o cliente e ver como ele usa seu produto no contexto? Seus engenheiros e designers poderiam se sentar ao lado do cliente para ouvir e observar seus problemas?

  • Instrumentar o seu produto com ganchos de  análise fornece dados agregados e concretos sobre como os clientes, como um todo, estão usando seu produto. 

  • Outra opção seria usar a tríade de produto (gerente de produto, engenheiro e designer) para uma reunião rápida para esboçar, discutir e tomar algumas decisões rápidas no local.

  • Precisa explorar um pouco mais? Tente fazer um workshop para reunir as principais partes interessadas e montar vários quadros de comunicações ou até mesmo fazer prototipagem em papel para mergulhar profundamente na compreensão dos problemas que está tentando resolver e em como poderia resolvê-los.

Você entendeu. No passado, o gerenciamento de produtos e a documentação de requisitos eram quase sinônimos. E isso não me admira! Escrever 20, 50 e até mesmo 100 páginas de PRDs inevitavelmente dominará seu dia inteiro de trabalho. Mas, no mundo ágil, é importante considerarmos escrever um documento de requisitos como um dos vários modos de ajudar a definir e a comunicar os problemas do cliente.